Daniel Ort

jun 112016
 

Muito bem, nossa cobaia número três apresentou um novo defeito: A marcha-lenta está muito acelerada (cerca de 2000 RPM):

20160609_112201

 

O normal do carrinho é entre 800 e 900 RPM. Continue reading »

jun 112016
 

Pois bem, vira e mexe aparecem nos carros, nos pólos da bateria, aquela crosta verde-esbranquiçada:

20160611_122745[1]

E o que esse trem pode provocar?

Corrosão dos terminais e mal contato na bateria, podendo por a perder a peça.

O zinabre é altamente corrosivo e com o tempo a seu favor, pode destruir o terminal da bateria, o cabo de energia e, pelo mal contato, prejudicar o funcionamento do automóvel e a perda da bateria em si. Continue reading »

jun 132015
 

A prefeitura de Várzea Paulista/SP, em projeto ecológico, distribuiu várias espécies de mudas ornamentais e frutíferas.

Quando cheguei ao ponto de distribuição, somente restaram duas espécies, além de orquídeas, são elas:

 

Sabão de soldado ou saboneteira (sapindus saponaria):

SAPINDUS+SAPONARIA+-+Principal[1]

 

Também conhecida popularmente pelos nomes Fruta-de-sabão, pau-de-sabão, sabão-de-soldado, pau-de-sabão, sabão-de-macaco, saboeiro, sabão-de-mico, sabonete, sabãozinho, saboneteiro, jequitiguaçu, salta-martim, Soapberry e Western Soapberry (inglês), Jaboncillo (espanhol), é uma espécie ornamental.

Seus frutos contém saponina, um detergente natural, que produz espuma e pode até mesmo ser usado para lavar roupas. Os frutos produzem uma única semente de cerca de 1Cm de diâmetro, que são usadas em artesanato, possui ainda propriedades medicinais, a serem melhor pesquisadas.

A planta cresce até cerca de 9 metros, com tronco de 30 a 40Cm de diâmetro, de crescimento lento (1 metro por ano), exigindo pouca rega e manutenção, apenas, se o objetivo for ornamental, a poda dos ramos laterais e galhos disformes.

Dedaleiro (lafoensia pacari):

Também conhecida como Mangava-brava, Louro-da-serra, Mangaba-brava, Copinho, Dedal, Pacuri , Copinho-dedal , Bicho-de-pau , Pacari, Candeia-de-caju, Mangabeira-brava, produz flores e frutos bastante vistosos, em forma de dedal, cresce a até 9 metros, podendo estabilizar entre 4 e 6 a depender do clima e solo.

491_fot[1]781[1]

 

Além das duas espécies, já em mudas, também foram distribuídas sementes de:

Árvore da china:

(com excelentes informações no blog Meu Cantinho Verde):

305[1]

311[1]

e Aroeira Pimenteira:

Informações colhidas do site Toca do Verde:

Sementes de Aroeira-pimenteira, uma árvore de pequeno a médio porte, capaz de alcançar de 5 a 9 metros de altura. As flores são pequenas, branco-esverdeadas e são muito atrativas para abelhas. Os frutos são pequenas drupas, esféricas, rosadas a avermelhadas, que servem como condimento e alimentam as aves silvestres. O florescimento ocorre na primavera.

A aroeira é uma árvore bastante interessante para arborização urbana. Seu porte médio e a frutificação ornamental, aliados à rusticidade da planta, fazem com que ela seja uma excelente escolha para o paisagismo, prestando-se como arvoreta e cerca-viva. Ela também é indicada para reflorestamento de áreas degradas, pois é uma árvore pioneira. A pimenta-rosa, o fruto da aroeira-mansa, é muito popular na França, onde é utilizada na ornamentação e tempero de preparações culinárias. Seu sabor é levemente picante e adocicado.

Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica e irrigado nos primeiros anos de implantação. As podas de formação estimulam uma copa mais densa, arredondada e bonita. Para a formação de cercas-vivas as podas devem ser efetuadas cedo para estimular o surgimento de múltiplos caules.


2439772795_d7638f9b2a[1]

800px-starr_061109-1502_schinus_terebinthifolius_g[1]

Por sim, ainda recebemos mudas de orquídeas de duas espécies:

Orquídea Oncidium:

Orquídea Laelia:

 

Por ora é isso, excelente inciativa da prefeitura de Várzea Paulista, e em breve, o desenvolvimento das plantas no sítio!

jan 092015
 

Muito bem, na carreira de qualquer faz-tudo sempre surgem alguns percalços: Ao instalar um simples suporte para a ducha higiênica é claro que teríamos que furar o cano!

Merece destaque que o empreiteiro que construiu a casa teve a feliz ideia de instalar os canos em diagonal…diferente do que está na planta hidráulica, mas enfim, de todo modo o cano foi furado… (há outro post sobre o conserto do cano aqui no blog).

Não suficiente, tive a feliz ideia de furar na junção de 4 azulejos, para evitar danificar as peças….

Assim,  4 azulejos precisaram ser quebrados para o conserto do cano.

Para solucionar a crise, poderíamos instalar um filete de pastilhas coloridas para cobrir o estrago, por sorte, dispunhamos de algumas peças deste azulejo, 8 no total.

Assim, vamos ao passo do remendo:

Ferramentas necessárias: Desempenadeira para piso/azulejo (usei uma com dentes de 8mm, seria no caso mlehor menor…de 5mm talvez) R$18,00; Colher de pedreiro (R$22,00); Talhadeira, esta feita em casa com barra de amortecedor, mas custa em torno de R$10,00; Martelo de Borracha pequeno R$15,00 e martelo comun R$25,00.

Se dispuser, um martelete facilita o quebra-quebra, aproximados R$400,00

Se dispuser, um martelete facilita o quebra-quebra, aproximados R$400,00

 

Um tanto de argamassa, cerca de R$10,00 o saco de 20 kilos.

Um tanto de argamassa, cerca de R$10,00 o saco de 20 kilos, além é claro das peças de azulejo para substituição.

Quebre a argamassa antiga, rebeixando  o meio, deixando as bordas, cerca de 1cm, sem quebrar para que consiga alinhar o novo azulejo com os antigos, não esqueça de remover os resquícios de rejunte.

Quebre a argamassa antiga, rebaixando o meio, deixando as bordas, cerca de 1cm, sem quebrar para que consiga alinhar o novo azulejo com os antigos, não esqueça de remover os resquícios de rejunte.

Detalhe da miséria...

Detalhe da miséria…

Preencha o buraco maior, do cano no caso, com alguns cacos de entulho.

Preencha o buraco maior, do cano no caso, com alguns cacos de entulho.

Detalhe

Detalhe

Preencha, nivele e alise com argamassa.

Preencha, nivele e alise com argamassa.

Prepare um tanto de argamassa conforme as instruções do fabricante.

Prepare um tanto de argamassa conforme as instruções do fabricante.

Faça o teste se o novo azulejo encaixa corretamente, sem ficar acima dos demais.

Faça o teste se o novo azulejo encaixa corretamente, sem ficar acima dos demais.

Detalhe do teste de encaixe.

Detalhe do teste de encaixe.

Espalhe um pouco de argamassa no meio do azulejo (infelizmente as pontas ficarão soltas), pois se colocar demais, vai ficar acima dos outros...

Espalhe um pouco de argamassa no meio do azulejo (infelizmente as pontas ficarão soltas), pois se colocar demais, vai ficar acima dos outros…

faça o fio de massa com a desempenadeira, assente o ajulejo em seu local definitivo, batendo com o bartelo de borracha para que se encaixe e fique alinhado com os demais. Se necessário, use espacadores plásticos.

Primeira parte pronta! Agora aguarderemos secar por, pelo menos, 24 horas, para então aplicar o rejunte. Em breve completaremos o post com as dicas para rejuntar e "colar" os cantos onde não pusemos argamassa.

Primeira parte pronta! Agora aguarderemos secar por, pelo menos, 24 horas, para então aplicar o rejunte. Em breve completaremos o post com as dicas para rejuntar e “colar” os cantos onde não pusemos argamassa.

set 012014
 

Passo a passo para assentar azulejos, material produzido pela PINI, como parte do curso de obras, disponibilizado gratuitamente no Youtube.

Mais detalhes em http://equipedeobra.pini.com.br.

ago 312014
 

Reportagem do Globo Rural (penso que o único programa da globo que presta) mostrou como contruir uma bomba carneiro, capaz de elevar água a custo próximo de zero:

A cartilha pode ser baixada no link: http://estatico.redeglobo.globo.com/2013/06/18/folder_carneiro_hidraulico.pdf

Ou no link alternativo: folder_carneiro_hidraulico[1]