fev 032019
 

O problema: Para um projeto precisávamos de uma série de marcadores com LED a serem distribuídos em grande área.
Parte próximo à rede de energia e parte sem acesso à rede (mata).
A primeira parte se resolveu fácil, com o esquema de pisca da foto, ligada à rede de energia:

Continue reading »
ago 292014
 

Alunos da Universidade de Munique criaram esta fantástica peça, fácil de construir e czapaz de gerar eletricidade com a correnteza de um rio.

Pense se não vou tentar botar um desses no sítio! Se der certo, mando aqui os detalhes.

 

Este modelo, segundo os pesquisadores, é capaz de gerar 2KW. Claro que a potência dependerá do volume, velocidade do rio e do tamanho da geringonça. Tentarei um tamanho micro, para acender um LED em um riacho, provavelmente usando latinhas de cerveja. Em breve o resultado.

Rotor from Markus Heinsdorff on Vimeo.

jun 062013
 

Um de nossos posts (e vídeos) mais vistos trata de como construir um carregador de bateria automotiva com fonte de PC.

Contudo, há um sem fim de tipos de carregadores que dão conta do serviço, com vantagens e desvantagens, vamos mostrar alguns aqui – todos dos tipos feitos em casa, nenhum comercial – , indicando as fontes das informações: Continue reading »

jun 062013
 

Para uso no nosso projeto de partida automática, precisamos de um circuito que nos diga quando o motor atingiu determinado giro, assim, precisamos, em termos técnicos, de um conversor frequência para tensão.

Para o caso há possibilidades diversas: Continue reading »

jun 052013
 

Há muitos modelos no mercado e muitas promessas sobre o uso de hidrogênio no carro como fonte de combustível. Nos interessamos pelo tema e vamos construir um também. Se for de seu interesse, fique a vontade para apontar falhas e colaborar com sugestões e informações para o projeto. Desde já comprometemo-nos a divulgar quaisquer resultados e projetos de forma totalmente gratuita.

Contudo, alguns pontos dos existentes merecem ser considerados:

  1. Nenhum dos que são vendidos tem especificações sérias de funcionamento. Todos prometem economia de combustível de 20% a 90% de combustível, contudo nada mais, do ponto de vista técnico é dito.
  2. Poucos, bem poucos mesmo, especificam quantos litros por minuto de hidrogênio produzem.
  3. Menos ainda são os que especificam quantos ampéres consomem.
  4. Há um sem fim de vídeos no Youtube e em ouros fóruns sobre HHO, contudo, sempre em tom jocoso, sem nenhum detalhe científico ou concreto mostrado (sim, devem existir exceções, infelizmente não as encontrei, se conhece algum projeto sério, nos indique nos comentários, por favor). Continue reading »


jun 052013
 

O que é exatamente?

Muito bem, automóveis mais novos – sem contar os, infelizmente, pé-de-bode brasileiros de sempre – contam com botão de partida automática.

Ou seja, basta um toque no botão que o motor gira e, assim que pegar, o motor de partida é desligado, sem a necessidade de ficar segurando a chave na posição de ignição.

OK, concordo, não passa de uma grande frescura, mas é legal! Até pelo desafio intelectual de projetar um sistemas desses e instala-lo em nossos velhinhos. Assim, vamos ao início do projeto.

As cobaias: Instalaremos em um Corcel II 1981, em um Verona 1990 GLX e em um Escort L 1992 (Sim, temos alguma predileção pela Ford…).

Continue reading »

jun 052013
 

Com a colaboração dos colegas, vamos listar as informações e tentar realizar modificações para reaproveitamento de fontes AT e ATX como carregadores de baterias e até outros usos.

Vamos listar aqui também alguns acessórios que pretendemos construir para ampliar os usos das fontes e evitar que sejam destinadas ao lixo, vamos ao reaproveitamento total!

Assim, este post será uma coletânea de informações e, conforme os projetos forem sendo concluídos, criaremos os projetos específicos para cada tipo de fonte e ou acessório. Continue reading »

mar 292013
 

CapturarPesquisar a história das revistas de eltrônica brasileiras tem se revelado um calvário. Pouca informação disponível e, principalmente, confiável. Assim, esta será uma postagem para muito tempo, editada a muitas mãos conforme conseguirmos informação (toda ajuda será bem vinda, abuse nos comentários).

No caminhar do nosso site criaremos um post com mais detalhes de cada uma das publicações, onde conseguir edições antigas etc.

Por hora, vamos às que tivemos acesso – complementando com o tempo – em ordem cronológica de primeira publicação:

ADENDO: O colega Bruno Oliveira disponibilizou as imagens que dispõe em sua coleção, para consulta vis internet. Os links estão nas revistas. Pede o colega que quem tenha os números faltantes, de desejarem compor o acervo, disponibilizar nos comentários os links, assim como aqueles que desejarem compartilhar suas coleções, certamente outros serão auxiliados, dado que há muito tais revistas deixaram de ser publicadas…

Continue reading »

fev 282013
 

Publicado originalmente em http://www.danielort.com.br/?p=750

Muito se fala em ecologia, porém há toda uma indústria voltada para o desperdício. A obsolescência calculada é uma praga sem fim. Os aparelhos (em especial os de informática) não ficam necessariamente velhos, tornam-se obsoletos. Entretanto pensemos bem: Fazemos muito mais com os novos computadores que com os antigos? Continuamos editando textos da mesma forma, acessando a internet da mesma forma, correio eletrônico, enfim…

Um computador hoje tem vida útil de três anos, não por quebrar ou perder suas características, mas pelos programas que usamos exigirem mais da máquina para, atenção: FAZER A MESMA COISA!

Comparado com a vida não digital, seria como a cada 3 três anos ter que trocar seu meio de transporte e terminar com um caminhão para carregar as mesmas duas sacolas que antes fazia com o fusquinha…mas enfim, o objetivo aqui é outro.

O PROJETO:

Precisando de um carregador de bateria, posto que continuo com meus automóveis de mais de 20 anos e que acabam ficando muito tempo desligados, há que por vez ou outra carregar as baterias. Continue reading »