fev 032019
 

O problema: Para um projeto precisávamos de uma série de marcadores com LED a serem distribuídos em grande área.
Parte próximo à rede de energia e parte sem acesso à rede (mata).
A primeira parte se resolveu fácil, com o esquema de pisca da foto, ligada à rede de energia:

Continue reading »
jun 042017
 

 

Portaria do INMESTRO com o esquema elétrico padronizado de conexão em carretinhas:

 

ligação_carretinha

 

Documento completo: inmetro

jan 122017
 

60Ah (Ampéres hora) significa exatamente o quê?

Determina a capacidade nominal de uma bateria.

Neste caso a bateria pode fornecer 3 Ampéres por 20 horas antes de baixar a tensão para menos que 10,5 volts, pronto, é isso.
E se for de 120AH?

Pode fornecer 6 ampéres por 20 horas antes de baixar a tensão para menor que 10,5 volts.
A fórmula:

O ensaio deve ser feito com a bateria totalmente carregada a uma temperatura de 27ºC, sendo a C20 – Capacidade Nominal – determinada pela corrente máxima que a bateria consegue fornecer por um período de 20 horas, sem baixar para menos de 10,5 volts a tensão em seus terminais.
Anotemos: a proporção não é direta! Assim, não podemos dizer que esta mesma bateria irá fornecer 60 Ampéres por uma hora antes de baixar para menos que 10,5 volts a tensão em seus terminais…há muitos outros fatores envolvidos, como a temperatura ambiente, a temperatura do eletrólito e outras mais. No básico, quanto maior o Ah, maior a reserva de energia da bateria, que é o que nos interessa. Continue reading »

out 102016
 

De forma simples e direta:

Ligar uma carretinha em seu carro, diretamente na fiação original, pode não ser uma boa ideia. O acréscimo de lâmpadas pode sobrecarregar o circuito elétrico com sensíveis e caros danos.

Há drivers prontos no mercado, ao custo de aproximados R$120,00, ao passo que a instalação vai lhe custar de R$100,00 a R$300,00 a depender do veículo.

O driver serve para receber somente o “sinal” da fiação original do veículo, sem forçar o sistema elétrico, controlando a energia das lâmpadas da carreta diretamente da bateria. Na verdade a parte mais custosa da instalação é “puxar” o fio positivo direto da bateria para o driver, o resto é bastante simples.

Seguindo a filosofia do site vamos criar um driver com sucata, vais precisar: Continue reading »

jun 062013
 

Para uso no nosso projeto de partida automática, precisamos de um circuito que nos diga quando o motor atingiu determinado giro, assim, precisamos, em termos técnicos, de um conversor frequência para tensão.

Para o caso há possibilidades diversas: Continue reading »